Ottaviani cria música eletrônica ao vivo em colaboração com uma pista de dança única. E o resultado é brilhante

Giuseppe Ottaviani nunca foi um DJ. Ele não toca músicas de outros DJs, e você nunca vai vê-lo atras dos decks bebendo uma cerveja ou fumando um cigarro. Ele estará provavelmente tocando uma melodia no piano enquanto solta uma sequencia de batidas que ele pré-gravou no estúdio em sua casa na Itália. Ele é o maestro da produção de trance e performance.  

Ottaviani é um músico treinado na música clássica, aprendeu a tocar piano quando tinha apenas 5 anos numa cidadezinha fora de Roma. Em 1996, lhe apresentaram a música de William Orbit, ‘Adágio for Strings’ e instantaneamente se apaixonou pelo trance pois o estilo formava a perfeita combinação de música clássica com as batidas da dance music e bonitas melodias. 

Giuseppe Ottaviani começou produzir música eletrônica quando tinha 21 anos quando criou o projeto NU NRG, com Giacomo Micciè e Andrea Ribeca. Dois anos depois, ele recebeu um e-mail da lenda do trance Paul Van Dyk, que queria assinar com o NU NRG e sua track ‘Dreamland’ em sua gravadora, Vandit Records. Em 2005, Ottviani saiu do NU NRG para continuar sua carreira como um artista solo. E pra falar a verdade, somos gratos por ele ter dado esse passo!

Por toda a sua carreira, Ottaviani já apresentou todas as suas tracks ao vivo para seus fãs. Ele tem recriado cada uma de seus próprios sons que ele usa para criar suas tracks originais e remixes e as tocou ao vivo para suas plateias usando seu teclado, controladoras midi e uma biblioteca de som imensa. 

Em fevereiro no EDC México, Ottaviani estreou seu conceito LIVE 2.0, onde ele cria música nova ao vivo em frente ao público. “A beleza de tocar ao vivo é que você não é somente capaz de ajustar a sua tracklist como o DJ faz, mas você é capaz de ajustar o arranjo completo da track”, ele disse. “Com meus equipamentos do LIVE 2.0, eu sou capaz de criar uma track completa no ato, conduzido pelo público. É um tipo de colaboração, como eu não seria capaz de criar a mesma coisa sem eles. E por isso que cada apresentação é diferente da outra.”

Confira a análise e descrição de todo o conceito LIVE 2.0 publicado na TRANCEMAG//BR.

De fato, uma das nossas tracks favoritas desse ano, ‘Musica’, veio de um primeiro show teste com os novos equipamentos do LIVE 2.0 no Dreamstate SoCal em novembro do ano passado, e depois foi lançada no começo de 2016. ele já tem outra planejada para o seu álbum que será lançado ainda esse ano. Ottaviani nos explicou como a track nasceu: “A track da qual estamos falando é um tipo de mashup entre um arranjo velho que eu já tinha carregado com uma nova melodia que eu criei no palco. Eu a toquei novamente, igual a ‘Musica’, e a mágica aconteceu. Quando voltei para o estúdio, eu abri o projeto, adicionei a nova melodia e remixei tudo junto e dei uma aparência nova e a nova track para o álbum nasceu.”

Ottaviani ainda não definiu a data para seu álbum ainda, mas ele nos disse para esperar por ele em algum momento do outono do hemisfério norte. Ele nos indiciou que é bem diferente de tudo que ele já produziu no passado, mas ainda mantém a marca registrada Giuseppe Ottaviani no estilo. Mas não precisamos nos preocupar, ele assegurou que não está indo para o lado da EDM de jeito algum nos alertando no final: “Eu sou um artista de trance, se lembram?”. 

Confira a track ‘Musica’ que saiu de suas apresentações LIVE 2.0:

[youtube width=”400″ height=”300″ video_id=”UiJ7xxkIlvs”]

 

[button href=”http://www.trancemag.com.br/2016/05/09/live-2-0-o-novo-show-de-giuseppe-ottaviani/” align=”left”]TRANCEMAG//BR LIVE 2.0[/button]

Fonte: More Moi Music

Tradução: Edição TRANCE MAG// BR

[youtube width=”300″ height=”200″ video_id=”RTfsEes_zss”]

 

[button href=”http://www.giuseppeottaviani.com/”]www.giuseppeottaviani.com [/button]